Cristiano Ronaldo quer mesmo abandonar o Real Madrid. Fontes próximas do jogador revelaram à BBC que Ronaldo “não quer ficar em Espanha”, mostrando-se “triste e muito chateado”. O futebolista terá dito aos companheiros da selecção portuguesa que “não há marcha atrás” na decisão da saída do clube espanhol.

“Ele sente que é honesto, que tem bom carácter e que fez tudo bem”, disse uma fonte próxima de Cristiano Ronaldo à BBC. “Ele não quer ficar em Espanha. Neste momento, ele que sair”, revelou ainda a mesma fonte que diz que o jogador está “triste e muito chateado” com o caso em que está acusado de fraude fiscal.

Segundo o jornal espanhol Marca, o jogador português não se sente bem em Espanha e fez saber aos seus companheiros de equipa da selecção portuguesa que quer sair do Real. 

Cristiano Ronaldo estará desiludido com a situação levantada pelo fisco espanhol, considerando-se “vítima de perseguição”, diz A Bola, e terá já comunicado a decisão de deixar o Real Madrid ao presidente do clube, Florentino Pérez.

Ronaldo foi acusado, na terça-feira, pelo fisco espanhol de quatro delitos de fuga ao fisco. Estes actos terão sido cometidos entre 2011 e 2014 e correspondem a uma fraude fiscal no valor 14,7 milhões de euros. O jogador português pode incorrer numa multa superior a 28 milhões de euros e enfrentar prisão efectiva de um mínimo de sete anos.

Cristiano Ronaldo publicou ainda no Instagram, esta quinta-feira, uma fotografia que se fazia acompanhar da frase “Por vezes, a melhor resposta é estar calado”, remetendo-se assim para o silêncio.

A notícia da possível saída de Ronaldo suscitou algumas reacções por parte de outros clubes que, em tom humorístico, demonstraram interesse em juntar ao plantel o jogador português.

               

Dev. by MARKUP® | Privacidade | Termos & Condições | Copyright © 2017 Sociedade Digital | CrowdFunding Networks

 Android app on Google Play 
Pagamentos por Paypal
Certificado de integridade da página
Certificado de desempenho da página